Invista na comunicação mas seja original

Hoje, usufruímos de um mercado de consumo cada vez mais prático e ágil, por isso, uma regra muito importante no contexto atual para os bons negócios é não copiar tudo o que já existe no mercado, aplicar ipsis verbis a informação que captamos.

Porquê?

Já vamos abordar essa situação, no entanto, esta semana o vosso online pr buddy sugere mais uma série de serviços sem custos que podem ser realizados no conforto da sua casa ou no seu local de trabalho, através da Internet.

Desta vez, os serviços disponíveis não podem ser para um cidadão qualquer, visto que é sobre comunicação prévia com as entidades administrativas/tutelares do negócio em questão, este serviço está disponível para cidadãos que possuam uma empresa e pretendam realizar o serviço fora da “hora de escritório”, 24 horas, durante 365 dias…

Quem quiser ficar a saber mais o procedimento basta seguir este link para a área de projectos.

Voltando ao tema, então porque temos que ser pelo menos um pouco diferentes de todos os outros? Porque quem gere uma boa empresa tem que ter uma estratégia global, coerente e contínua, saber perfeitamente o caminho que tem que percorrer para conseguir responder aos desafios que terá.

Esse caminho terá que criar um valor, que permitirá que todos os interlocutores directos e indirectos da empresa tenham confiança, respeito e admiração, só dessa forma conseguirá sobreviver nas condições de mercado atuais.

Mas: podem responder, se ali funciona bem, porque é que não vai funcionar bem aqui? Basta imitar a concorrência do mesmo sector e já está o caminho a ser percorrido, não é mais fácil e mais barato?

Claro que é mais fácil e mais barato a curto prazo, mas garantirá a originalidade? Terá distinção naquilo que faz? Será viável a médio/longo prazo quando o que faz é seguir as tendências dos outros e tentar “safar-se”? Acho que não: uma estratégia bem sucedida não é visivel, visiveis são as ações, quando muito descobrem-se as tácticas da concorrência, mas o principal, os valores e a legitimidade, factores essênciais para ter a aceitação e a preferência do público/consumidor, não está acessível ao exterior das empresas: nunca ouviram falar “o segredo é a alma do negócio”?.

Pois é, ter sucesso dá trabalho, é necessário a organização valoriar a comunicação, que é um facilitador de melhores fluxos sociais e financeiros.  Um modelo de comunicação com sucesso numa organização passa por ter em atenção sobretudo a estes 3 factores:

  • Empresas que possuem uma gestão empresarial integrada com os públicos: interno e externo;
  • Necessidades dos consumidores;
  • Concorrência.

Então como investir na comunicação da sua empresa?

Olhando de todos os ângulos começando pelo público, qual é o seu desejo, contabilizando o valor que cria o produto ou serviço que vende, observar os factores mais ou menos positivos desta relação.

Realize pesquisas qualitativas aos públicos da empresa, às atividades, os custos e receitas inerentes a cada processo, estude as respostas, os seus pontos fortes, fracos, ameaças e oportunidades.

Esta complexidade aparente complexidade pode ser simplificada por uma estrutura modelar que permite visualizar em modo gráfico tudo aquilo com que tem que se preocupar, e com a ajuda da comunicação dar uma excelente resposta aos problemas da sua empresa.

Nespresso Business Model

Nespresso Business Model

Como observamos na imagem ilustrativa do modelo de negócio da Nespresso, para obter incomes, para conseguir vender os seus produtos ou serviços, temos que olhar abrangentemente para o todo que é a organização, desde parceiros, atividades, recursos, stakeholders, canais, públicos e seus segmentos, sem descurar as despesas ou as receitas.

É possível copiar o que outra empresa faz? Mesmo que seja do mesmo ramo de atividade? Não parece viável pois não, mas mesmo que fosse, será que daria o mesmo resultado? Nem pensar, visto que é tudo diferente (públicos, meios, recursos).

Por isso, o melhor será ser você mesmo e lançar-se sob esse prisma, começando com o código de conduta da organização, passando pelo uso eficiente dos social media para passar para a sociedade a imagem da sua empresa e não uma identidade que não é a sua.

Faça um favor ao seu negócio, à sua familia, aos seus colaboradores e a todos os parceiros, não tente ser mais ninguém, tente ser aquilo que você é e sabe que faz bem.

Deixo para reflexão um comentário de um dos mais espectaculares atores sobre esta temática.

Francisco Paulo