Kiss Tecnology

O titulo é em parte um tributo ao Prince: uma das suas criações chama-se Kiss, artista que nos deixou verdadeiras marcas culturais. A sua musica é intemporal e eu tenho muito respeito pelo trabalho que ele produziu, agradeço-lhe a criatividade e a contribuição que deu para o desenvolvimento da nossa cultura.

A outra parte é um tema recorrente por estes lados, falar de tecnologia parece redundante, mas não é! Esta parte é que vai ser desenvolvida.

Eu, adoro mesmo a tecnologia e o que nos permite produzir mesmo sem muita habilidade ou conhecimento! Sem ela, confesso, seria muito mais limitado. Para quem não tem todas as virtudes, o software veio dar uma ajuda preciosa, por exemplo, nem sabem a vantagem que é não saber desenhar e existirem produtos que executam aquilo que eu idealizo e não o que eu consigo criar.

É um alívio para mim não ter que desenhar nada. Mas, hoje em dia, se for necessário não há problema nenhum, alguns programas vetoriais estão à distância de um contacto de e-mail, é o caso do Piktochart – Easy-to-Use Infographic Maker. A tecnologia veio nivelar as competências de todos.

Mas nem sempre foi assim, os programas tinham poucas funcionalidades ou eram limitados, no início dos anos 90 chamavam-se CRM’s: Customer Relationship Management,  bastante utilizados até ao final do milénio, abrangendo as área de automatização da gestão de marketing, gestão comercial dos canais e das vendas e a gestão de serviços ao cliente.

Mas, os produtos foram evoluindo e agora há a proliferação de SaaS (Software as a Service) de relações públicas, que podem abrir a porta para contactos mais fortes, tornam as organizações mais eficientes e obtêm bons resultados. O SaaS está cada vez mais presente nas nossas vidas e veio mudar tudo. O Saas é uma modalidade de serviço de software, distribuída pela internet, cuja principal característica é o baixo custo.

O software foi desenvolvido para ajudar as equipas de trabalho a controlar todo o seu processo profissional. No início de 2013, apenas 25% das maiores empresas do mundo tinham adoptado este tipo de produto (SaaS). Hoje, apenas dois anos depois, esse número subiu para 59%. Apesar destes dados, tendo em conta a crescente liderança da geração Millennium (que nasceram na década de 90 e já vêem com os genes da tecnologia incorporados), que cresceram neste habitat tecnológico, espera-se que a velocidade de trabalho e eficiência oferecidas pelas ferramentas SaaS aumente ainda mais com o seu contributo.

SaaS é o melhor amigo de um prestador de serviços. As soluções SaaS são indicadas principalmente para as PME’s (pequenas e médias empresas), pois permite que elas tenham acesso a boas soluções de tecnologia sem que façam grandes investimentos em hardware e infraestruturas.

SaaS é normalmente utilizado por colaboradores que utilizam uma conta de utilizador através de um navegador web. SaaS tornaram-se comuns para muitas aplicações de negócios, processos de escritório, mensagens, processamento de pagamentos, contabilidade e faturação, gestão de base de dados, gestão comercial, desenho assistido por computador (CAD), desenvolvimento de software, jogos, virtualização, colaboração e gestão de relacionamento com clientes, sistemas de informação de gestão, planeamento de recursos empresariais (ERP’s), gestão de recursos humanos (GRH), recrutamento de talentos, gestão de conteúdos (CM), software antivírus e de service desk, etc…

Hoje, não é apenas uma vantagem competitiva – é obrigatório! Porquê? Porque tempo é dinheiro e estas ferramentas ajudam a cortar nos prazos de execução de quase todos os processos profissionais, além disso, se não fosse importante, não existiria negócio, só nos Estados Unidos este produto tem um valor de  mercado de mais de 20 biliões de euros por ano.

Existem milhares de opções, trago aqui o exemplo do Piktochart, um Saas infográfico que começou apenas com 4 pessoas em 2011, em Penang – Malásia, está acessível em todo o mundo através da Internet e em 4 anos já assiste mais de 5 milhões de utilizadores online (40 funcionários), disponibilizando outros formatos: relatórios, banners, ícones e apresentações grátis.

Mas afinal o que eu posso fazer com este programa? Bem, é um editor infográfico online, que permite criar conteúdos a partir modelos com cores de fundo e imagens, dá para inserir textos e banners. Como ? Com os métodos: arrastar e largar; apontar e clicar para selecionar, permite-lhe flexibilidade suficiente para ir buscar ficheiros (excel ou google speadsheet), pode misturar tudo (imagens, textos, icones, gráficos, tabelas, etc…) e de seguida imprimir, enviar (@) ou guardar nos formatos: imagem (jpeg e png) ou documento (pdf).

Numa tentativa de ilustrar o tema do blogue (serviços online) e as funcionalidades do Piktochart, deixo aqui um pequeno exemplo do que se pode contruir em “menos de nada” com esta ferramenta:

pr_onlineFrancisco Paulo

Advertisements

Comentário

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s